Lazzarini Consultoria Ambiental - Competência, Integridade e Credibilidade

Áreas Contaminadas

A equipe técnica especializada da Lazzarini Consultoria Ambiental realiza o Gerenciamento de Áreas Contaminadas, por etapas sequenciais, em que a informação obtida em cada etapa é a base para a execução da etapa posterior.

Este gerenciamento é um processo contínuo de obtenção e interpretação de dados de uma determinada área, visando reutilizar a área com custos adequados, de acordo com a legislação vigente, minimizando os riscos para os envolvidos.

Os serviços oferecidos pela Lazzarini Consultoria Ambiental são:

Avaliação Preliminar

Consiste na elaboração de uma auditoria ambiental inicial da área de interesse, de modo que áreas potencialmente contaminadas sejam identificadas. Esta identificação será possível através da realização de um levantamento de informações como: documentação, fotografias aéreas multitemporais e entrevistas, além de vistoria/inspeção técnica de reconhecimento local.

Investigação Confirmatória

O objetivo dessa etapa é confirmar, por meio de métodos diretos de investigação (sondagens e instalação de poços de monitoramento, para amostragens e análises laboratoriais do solo e da água subterrânea – lençol freático), a existência de contaminação nas áreas identificadas na etapa anterior de Avaliação Preliminar.

Investigação Detalhada

Esta é a primeira etapa do processo de dimensionamento de uma área contaminada, que tem por objetivo principal quantificar a contaminação, ou seja, avaliar detalhadamente as características da fonte de contaminação e dos meios afetados, determinando-se as dimensões das áreas ou volumes afetados, os tipos de contaminantes presentes e suas concentrações.

Monitoramento da Qualidade da Água Subterrânea

Trata-se de um processo programado de amostragem, visando averiguar as características físico-químicas da água subterrânea – lençol freático, afim de se verificar alterações no padrão de qualidade determinado pelo órgão ambiental.

Modelamento Matemático de Fluxo e Transporte

Este estudo visa simular, para um período de 05 e 10 anos, a evolução espacial das plumas de contaminação de fase dissolvida identificadas, contemplando as seguintes etapas: Compilação de dados e análise; Desenvolvimento do modelo conceitual; Desenvolvimento do modelo numérico de fluxo; Modelamento de transporte para os compostos selecionados; e Simulações de fluxo e transporte. Ao final do trabalho será gerado um modelo hidrogeológico de fluxo e transporte tridimensional dos contaminantes, abrangendo a área de interesse e seu entorno.

Avaliação de Risco à Saúde Humana

Consiste em um estudo que leva em conta o contaminante e suas propriedades físico-químicas, o meio onde o contaminante ocorre, a forma de transporte, e se há alguma forma pela qual o contaminante possa entrar em exposição com receptores locais (residentes, trabalhadores, dentre outros).

Plano de Intervenção

Após a execução da Avaliação de Risco à Saúde Humana, bem como todas as etapas de investigação, as áreas contaminadas com risco confirmado devem apresentar o Plano de Intervenção, por vezes mais aprimorado a nível executivo. Este Plano de Intervenção tem por objetivo apresentar o detalhamento técnico das diretrizes para a obtenção de medidas controle (remediação, engenharia e/ou institucional).

Projetos de Remediação do Solo e Água Subterrânea (Planejamento, Implantação e Controle)

Se trata da ação adotada quando as medidas de controle de engenharia e institucional não são suficientes para eliminar o risco à saúde humana, gerado por um contaminante presente no solo e/ou na água subterrânea. As medidas de remediação normalmente são utilizadas em obras ou operação técnica de equipamentos/sistemas que removerão massas de contaminantes do meio contaminado, reduzindo por consequência os seus teores até valores inferiores aos considerados como máximos na Avaliação de Risco à Saúde Humana. Uma vez atingido este estágio, a área entra na etapa de monitoramento para encerramento, executado normalmente durante 02 anos, para se verificar se não ocorrem rebotes (rebound) nos teores das contaminações. Podem ser citadas algumas técnicas de remediação mais usuais: Air Sparging; Extração de vapores; Extração multifásica; Bombeamento e tratamento; Aplicação de oxidantes/redutores em pressão atmosférica ou positiva; Escavação, transporte e destinação final, dentre outras.

Desmobilização de Estruturas de Abastecimento

A desmobilização ou descomissionamento refere-se a desativação de todo um empreendimento ou parte dele, como a remoção ou desmonte das suas estruturas. A desmobilização das estruturas de abastecimento, referente aos postos de combustíveis, deverá ser realizada através do controle sobre a geração de passivos ambientais, prevalecendo o gerenciamento dos resíduos gerados neste processo.

Gerenciamento de Resíduos Sólidos (Elaboração, Implantação e Execução/Destinação)

Constitui de um conjunto de procedimentos de gestão ambiental, a nível de planejamento e execução, com o objetivo de controlar a produção de resíduos gerados, além de proporcionar as devidas ações referentes à remoção, armazenamento, tratamento, transporte e destinação final adequada.

Levantamento de Aspectos e Impactos Ambientais

Análise prévia da situação ambiental atual do empreendimento para tomada de decisão na aquisição ou locação, onde de maneira sucinta são levantadas informações históricas do empreendimento, através da análise da matrícula do imóvel, cadastro junto ao órgão ambiental e/ou mediante o posicionamento de áreas contaminadas vizinhas.

Auditoria Ambiental

A Auditoria Ambiental tem por objetivo verificar a existência de eventuais não conformidades ambientais com base na inspeção realizada na área de interesse, na documentação ambiental disponível e na legislação ambiental pertinente.

Solicite o Orçamento

Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo telefone (11) 3044-3055.

*Campos de preenchimento obrigatório.